NOTÍCIA

A Medicina Hiperbárica no Tratamento da Osteomielite

A Medicina Hiperbárica no Tratamento da Osteomielite
A Medicina Hiperbárica no Tratamento da Osteomielite

Osteomielite consiste em inflamação e destruição óssea causada por germes, principalmente bactérias. Isto ocorre devido ao contato direto com outro tecido infectado; por microorganismo vindo da corrente sanguínea; ou por ferimento aberto. Pode afetar a circulação sanguínea local levando a isquemia óssea.


O tempo de evolução da doença irá caracterizar se é uma infecção aguda ou crônica. Quanto maior o tempo da doença, mais difícil é a abordagem terapêutica.


O tratamento apresenta desafios que a tornam uma doença com a reputação de ser "difícil de curar" ocasionando grande impacto na qualidade de vida do paciente.       


O tratamento consiste no uso de antibióticos, cirurgia (quando indicada pelo Ortopedista) e, em muitas vezes, sessões de Oxigenoterapia Hiperbárica.


Como a osteomielite está associada a fluxo sanguíneo intraósseo reduzido, que causa diminuição da tensão do oxigênio e, consequentemente, limitação da atividade de neutrófilos e macrófagos, a Medicina Hiperbárica tem sua indicação, o que pode levar a remissão de 85% dos casos de osteomielite crônica refratária aos tratamentos habituais*.


A Oxigenoterapia Hiperbárica consiste na inalação de oxigênio puro no interior de uma Câmara Hiperbárica, o que auxilia no combate da infecção, estimula a proliferação de novas células, diminuindo o tempo de cicatrização e reduzindo o risco de amputações.


*Goldman RJ. Hyperbaric oxygen therapy for wound healing and limb salvage: a systematic review. PM R 2009;1: 471–89


 


_______________________________


Dr. Diogo Romariz Peixoto


CRM-PR 23042